Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2009

Um belo elogio...

"Gosto bué de conversar contigo."


Tão bom...

E aí vão 3...

Imagem
As Filhas do Graal - Elizabeth Chadwick (romance histórico - não achei nada de especial. Estava à espera de mais);

A pensar em ti - Jill Mansell (romance leve e divertido - bom para espairecer de leituras mais pesadas);

O Estranho Caso de Benjamin Button - F. Scott Fitzgerald (Quando sai um filme baseado num livro, gosto sempre de fazer as duas coisas - ver o filme e ler o livro - para tirar as minhas próprias conclusões. Tanto vejo o filme primeiro como leio o livro. Neste caso, vi primeiro o filme, do qual gostei imenso. Apesar de saber que se altera sempre muitos aspectos quando se faz este tipo de transposição, de uma obra literária para o cinema, nada me preparia para o livro que li.
A ideia base, a de um homem nascer velho e com a passagem do tempo se tornar novo, esta lá, mas é mesmo muito diferente do que se passa no filme. Só lendo...).


O que se segue:


Histórias Extraordinárias - Edgar Allan Poe





Detesto que me façam de estúpida

Uma colega para mim acerca de um trabalho que eu tinha feito:

"Fizeste bem, por acaso!"




WTF?????????

Ontem acabei de ver a 2ª Temporada desta série

Imagem
Dharma & Greg

O hábito faz o monge?

Nunca pensei em vir a dizer isto... mas... é verdade...
Comprei uma batedeira...
Isso faz de mim uma dona de casa?
Não?
Oh caraças!

BTL

Fui este ano pela primeira vez.
Tirei uns vales do jornal durante a semana que davam bilhetes grátis e lá fui.
Era mais ou menos o que imaginava. Stands dos países, terrinhas e agências de viagens a fazerem publicidade. Trouxe imenso papel para casa (para reciclagem), 3 sacos e uma caneta lllooolll
Vi mulheres semi-nuas, homens-estátua, ranchos e grupos de cantares alentejanos. Havia neve a fingir, pinga da boa e alguns petiscos (nesta parte da comida eram 100 cães a um osso, por isso nem deu para me chegar à frente).
Não desgostei. Irei lá para o ano se conseguir bilhetes à borla novamente mas não houve nada que me tivesse chamada à atenção. Ou se calhar fui eu que não a dei.
Também pode ter sido isso.

O elevador

Adoro, adoro (not) quando as pessoas entram no elevador e não cumprimentam.
Serei invisível?

O filme

Ontem vi novamente o dvd do "O sexo e a cidade". Já não via um filme tantas vezes desde que tinha pra aí 12 ou 13 anos e comprava cassetes de video e vi-as vezes sem conta. Tinha que se rentabilizar o dinheiro gasto lol afinal nesse altura as cassetes não eram nada baratas.
O que mais me fascina pra além das roupas, acessórios, doa ambientes é essencialmente aquela amizade entre as 4 amigas tão intensa e tão forte.
Uma das amigas chega mesma a dar comida à boca à outra ,que foi abandonada no altar e que não tinha vontade nem para se levantar da cama nem pra comer.
Não sei se consigo acreditar que exista amizades destas na vida real, mas gostava...
Se gostava...

E assim vai a crise...

A minha empresa está a fazer uma obra algures neste nosso cantinho à beira-mar plantado.
Contrata empresas de construção civil para fazer este tipo de trabalhos, as quais por sua vez contratam trabalhadores temporários (suponho eu...).
Um destes dias houve uma situação algo invulgar na obra.
Havia um trabalhador que andava sempre a beber água. Nada de anormal até aqui., podia querer beber os 2 litros de água que os médicos aconselham.
Esta situação, de ele estar sempre a beber água, durou o dia inteiro e as pessoas começaram a achar estranho e a pensar que ele poderia ter algum problema de sáude, até que se aproximaram e perguntaram-lhe o motivo.
Ao que ele respondeu que não tinha nada para comer e que era assim que enganava a barriga...






Po caralho com o TGV e o Mundial de 2018... Dêem mas é dinheiro a esta gente pra comerem!

De quando em vez...

Isto de de vez em quando sentirmos pena de nós próprios é uma f***!

Oh se é!

O poema

"Posso ter defeitos, viver ansioso
e ficar irritado algumas vezes mas
não esqueço de que minha vida é a
maior empresa do mundo, e posso
evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale
a pena viver apesar de todos os
desafios, incompreensões e períodos
de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos
problemas e se tornar um autor
da própria história. É atravessar
desertos fora de si, mas ser capaz de
encontrar um oásis no recôndito da
sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã
pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios
sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um “não”.
É ter segurança para receber uma
crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir
um castelo…”


Fernando Pessoa


Existem muitas dúvidas acerca da autoria deste texto, devido a algumas passagens do texto "É agradecer a Deus cada manhã...", dizem que esta frase nunca poderia ser de Fernando Pessoa, mas sobretudo pela genealogia brasileira do mesmo &qu…

Eu já...

Também decidi fazer o desafio que anda por essa blogosfera fora e saiu isto:

Eu já dormi com dois colegas de faculdade (uma rapariga e um rapaz) na mesma cama
Eu Já tive uma relação proibida
Eu já pensei que fosse morrer por amor
Eu ja tentei voar na minha bicicleta
Eu já magoei pessoas que me são queridas
Eu já dormi num banco no Rossio
Eu já passei uma tarde numa esplanada a admirar um castelo
Eu já pedi desculpa mesmo custando muito
Eu já comi 3 pacotes de bolachas de seguida
Eu já dormi no cinema durante um filme inteiro (acordei nos créditos)
Eu já tive o melhor Carnaval até agora na Nazaré
Eu já pensei em largar tudo e ir para África ensinar as criancinhas
Eu já senti muita raiva por perder um jogo de futebol
Eu já dancei uma noite inteira na praia
Eu já chorei até não conseguir mais
Eu já fiz o pino centenas de vezes

Adenda:
Lembrei-me de mais algumas...
Eu já fiz voluntariado num Instituto de crianças com paralesia cerebral
Eu já fiz saraus de ginástica rítmica
Eu já cantei num karaoke uma música …

Bike Tour 2009

Tinha-me esquecido de contar aqui este evento tão importante, no qual eu vou participar este ano.
Sou maluca? Sou sim senhor.
Mas uma maluca saudável e com umas belas fotos da Ponte Vasco da Gama! ehehehehehehhe
Pois é! Os meus colegas lá me convenceram a entrar nesta aventura. É provável que leve o dia inteiro para cabar, mas who cares?
Eu estou é um bocado preocupada com o transporte da bicicleta para casa. Sim porque como não trago o carro para o parque das Nações por causa da confusão, vai ser complicado leva-la para casa, já que eu moro no cu de Judas. De qualquer forma suponho que se poderá andar com a bicla nos transportes aqui por Lisboa, o pior vai ser quando chegar ao outro lado. Mas enfim, tenho ainda 6 meses para pensar nisso.

Cinema #1 - 2009

Imagem
Primeiro que tudo, espero conseguir postar aqui, certinho e direitinho, todos os filmes que for vendo ao longo deste ano, tanto no cinema como em dvd.
Então começamos pelo primeiro filme que vi este ano no cinema:



Gostei!
o filme é interessante. Faz-nos pensar na lei da vida. Nascer, viver, envelhecer e finalmente morrer. Benjamin Button também nasce e também morre, mas o que se passa entre estes dois acontecimentos é que faz dele um ser diferente.
Nasce um bebé velho, todo enrugado, a mãe morre durante o parto e o pai assustado com aquela figura, que pensa ser um monstro, deixa-o numas escadas de um asilo, onde é encontrado por uma empregada que fica com ele e o vai criando.
Vai crescendo, mas tem todos os problemas de uma pessoa com 80 anos à beira da morte, cataratas, careca, artrite, dificuldade em andar, etc... Isto vai mudando à medida que os anos vão passando. Ele vai sentindo-se cada vez melhor, com mais força, começa a andar, cresce-lhe o cabelo, que vai ficando loiro e assim suc…

Eu assumo...

... que sou uma pessoa complicada (olhem que "dizer" isto não é fácil), que sou.
Mas há bem piores!
Eu hem!!!!!










E só pra afastar um bocado esta neura de ter que lidar com pessoas complicadas, depois do trabalho vou ver de um trapinho novo!!!

Hoje num espaço de 10m..

ouvi um arrumador de carros...

"As pessoas parece que são todas surdas e mudas. É só uma moeda. Não são humildes. Quando eu me mudar para o Ribatejo vou escrever um livro sobre o Sul. Isto é tudo uma m****..."

E lá continuou...

Num transporte público, no banco atrás do meu, dois homens...

Um: Eu não gosto do Salgueiro. Ele é muito gozão. Eu escolhi outro pediatra.
Outro: Ele é gozão, mas eu também gozo com ele, o que é que tu pensas? Na outra vez respondi-lhe: "Quer levá-la para casa durante uma semana? Depois devolve-ma!"
Um: Olha ela agora está a aerosóis 3 vezes por dia, eu e a minha esposa fazemos 2 vezes em casa e vamos lá ao consultório para ele fazer uma vez. Ele mete-lhe o tubo à frente e ela começa a lâmbe-lo. É tão engraçado. Fartamo-nos de rir.
Outro: Olha a minha na outra vez chegou ao consultório do pediatra e pumba!!!!
Fez chichi em cima da marqueza! Marcou logo o território!
(...)

Suponho que não continuaram porque sairam os dois, porque senão continuavam a de…

O Post anterior...

A senhora não voltou a telefonar...
Eu já sabia...
Esta coisa de só poder dedicar-me ao ensino num horário pós-laboral está sempre a lixar-me...

Voltei a enviar um Curriculum Vitae para um anúncio de formadora, neste caso de alemão, mas lá está...

As explicações

Ontem telefonaram-me 2 vezes de um número de telemóvel que eu não conhecia. Como não tive oportunidade de atender, esqueci... Não sou daquelas pessoas que ligam de volta para saber quem é. Penso sempre que se for realmente importante, ligam novamente.
Foi o que aconteceu hoje de manhã.
Então não é que era de um centro de explicações, que precisa de uma professora de alemão para um aluno ir a exame no fim do ano lectivo? Tinha o meu currículo, porque o tinha mandado o ano passado para um outro centro de explicações e ao que parece a dona daquele forneceu o meu contacto a este e a senhora ligou-me para saber se estava disponível.
A minha primeira reacção foi dizer-lhe que trabalhava num escritório e que realmente só podia dar explicações depois do trabalho ou então se possível para o aluno ao fim-de-semana. Pensei logo que ela iria descartar-me, porque normalmente as explicações em centros acabam às 20h no máximo. Eu já tentei conciliar e nunca consegui porque saio tarde do trabalho.
A tal …

A 2ª Feira...

O dia de ontem foi terrivel...
Fiquei constipada no Sábado, fruto de uma semana a andar ao frio (quer-se dizer isto de vir trabalhar também não ajuda nada não é?)
Ontem de manhã levantei-me em muito mau estado, mas pensei "ah o meu chefe vê-me neste estado e diz-me para sair mais cedo ou quiçá até nem ir trabalhar à tarde". Sim porque ele também esteve e ainda está doente, deve estar um pouco mais sensibilizado para esta questão...
Pois sim... Nem foi preciso exagerar, porque andei o dia inteiro a sentir-me um farrapo... ela era nariz entupido e a pingar, ela era tosse, ela era espirros compulsivos, ela era febre e os olhos a arder. Mas não... O c***** do meu chefe não só não foi sensível à minha pessoa, oomo ainda me fez trabalhar que nem uma moura!!!!!
E eu que nem as letras no ecrán do pc via e a concentração então... nem se fala.

À noite toma lá 39º de febre!

Unbelievable

Eu...

... estou a meter-me numa embrulhada...

Mas porque é que eu não consigo estar quieta no meu canto???

Ofereceram-me isto

Imagem
Vi os primeiros 5 minutos ontem.Adormeci...

Hoje...

... é o aniversário daquela que já foi a minha amiga do coração.

Há cerca de um ano casou-se com um jovem depois de um namoro relâmpago de alguns meses.
Vi o jovem apenas 2 vezes, mas causou-me uma má impressão logo na primeira vez, e que na segunda vez se confirmou , "atirando-se" a mim. Casou-se num dia de semana no Registo Civil, sem ninguém da família ou dos amigos para a acompanhar.
Eu fiz o que achei que era melhor para ela, avisei-a para esperar mais um tempo, para conhecer melhor a pessoa e que até podiam viver juntos, mas não era obrigatório casar. Ele tinha um senão. É brasileiro, estava ilegal e precisava da legalização.
Não fez caso das minhas palavras e foi em frente na decisão. Desde Agosto que não sei nada dela. Desde a última vez que me mandou mensagem a convidar-me para um almoço em casa dela, a dizer que estava de férias e em casa "sozinha". Sim, porque eu disse-lhe antes de se casar que não gostava do rapaz e que eu iria encontrar-me com ela, em qua…

Os idosos...

Uma notícia no Correio da Manhã







Eu não percebo como é que este tipo de notícias ainda continua a chocar-me.

Acho que actualmente é "o pão nosso de cada dia".

Colocar ou não colocar.

Acabei de esrever um post enorme sobre o último dia do ano e o primeiro deste. As coisas não correram bem e eu estive apática, melancólica e triste, por diversas razões, algumas delas nem eu saberei explicar muito bem.

Creio que não irei colocá-lo aqui. É certo que a vida é feita de momentos triste e alegres, mas acho que não o devo colocar por escrito aqui. Fica apenas na minha memória.

Que este ano seja feito de mais momentos alegres do que tristes.
Que seja assim. Nós merecemos.

E pronto já cá está, agora é fazer o melhor possível

Imagem