Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2016

Dos livros

Como tinha muitos livros e nenhum espaço para eles, decidi fazer uma "book night" lá em casa com as amigas.
Envolveu comida, bebida e dar livros.
Sim, sim, dar livros.
Porque a única condição que coloquei foi que ficassem com eles e que se quisessem os passassem as outras pessoas assim que os tivessem lido.
Porque não preciso do livro físico a ocupar espaço, a história fica comigo para sempre.
A noite foi um sucesso!
Despachei mais de 80 livros e fiquei com imenso espaço para novas histórias.

Venha a Feira do Livro!

Cinema #5

Imagem
Este filme está classificado como comédia. Não podia discordar mais completamente. Não me ri uma única vez, o que não significa nada, porque o humor das pessoas é relativo, mas os temas de que trata o filme, nada têm a ver com comédia. O filme conta-nos a história de um reformado viúvo que vê um anúncio de estágios para a 3ª idade numa empresa que tem um site online de venda de roupa. Empresa esta dirigida por uma mulher, que alcançou o sucesso em pouco tempo à sua custa.
O filme fala de temáticas muito pertinentes nos dias de hoje: ocupação do tempo na reforma, viver sozinho na velhice, descriminação das mulheres no mundo do trabalho, conciliar trabalho e maternidade, traição, descriminação por parte das outras mães...
Como já disse não me ri uma única vez, mas caiu-me uma lagrimita, ao ver as dificuldades que as mulheres enfrentam por quererem ser mães, esposas e mulheres de sucesso profissionalmente.  Fica sempre algo para trás...


Recomendadíssimo!

Cinema #4

Imagem
Vi ontem, finalmente, este filme. Sabia quem era Stephen Hawking, mas não conhecia a história dele. É um filme interessante, que conta a história de vida de uma mente brilhante presa num corpo que lhe falhou desde muito cedo.
Recomendado.

Cinema #3

Imagem
Tenho sempre a aspiração de ver todos os anos os filmes nomeados aos Óscares para ter a minha opinião. Obviamente nunca consigo. Só vi este há pouco tempo e já é do ano passado (como o tempo passa... caraças!)
Acompanha a vida de Mason durante 12 anos, desde criança até entrar na faculdade. Deixa-nos entrar na vida deste rapaz e mostra-nos as relações com a família, amigos, namoradas e com ele próprio. Basicamente é um diário de tudo o que vai acontecendo na vida deste rapaz.
Gostei.  Quando o filme acabou fiquei com pena de não saber mais sobre a história dele.
Recomendado.

Hoje em dia

Ainda agora são 10h20 e já tive dois exemplos de como as pessoas se esquecem que vão todas parar sete palmos abaixo da terra.
Desculpem... uma conversa destas logo de manhã não é agradável, admito.
Porque é que as pessoas precisam de demonstrar que têm poder e que com isso condicionam as outras pessoas?
Porque precisam de se fazer "maiores"?
Para compensar alguma coisa?