Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2008

Eu sei que o regresso...

... ao trabalho foi apenas há 3 dias e que hoje já é 6ªf, mas porra parece q ja passou 1 mês, no mínimo, desde que comecei a trabalhar...
Que a próxima 6ªf chegue depressa para eu voltar às férias!!!! Vá lá, vá lá!

De volta... por alguns dias

Embora o regresso ao trabalho seja apenas por 8 dias, actualmente 6 dias e meio ehehehehehehe, está a ser muito dificil o meu cérebro entrar outra vez em modo on work.
Estou a encarar esta volta como uma interrupção das férias, mas o meu chefe não se compadece disso e vai de me dar na cabeça, porque simplesmente ela (a cabeça) não está aqui...

Depois de tudo o que aconteceu há poucos dias atrás, precisava de tempo para reflectir na vida e no futuro (esta mania de ser racional e pensar em tudo, às vezes leva-me à loucura) e não de começar a trabalhar e de ter o meu chefe atrás de mim quando eu pensava que ele ainda estava de férias ggggggrrrrrrrrrrrrrrrr...

Descansou...

Já era Domingo, mais precisamente às 00:15, recebemos a notícia que ele finalmente já tinha o descanso que há muito merecia.
Foram 4 anos de sofrimento para ele e para todos que de alguma maneira estavam envolvidos na sua vida.
Foram 3 dias terríveis, mas que passaram depressa.
As minhas férias entretanto foram-se... foi uma semana a caminhar para o hospital e estes últimos dias a acompanhar o final. Não me arrependo. Gostava de fazer mais, mas não foi, nem é possível.
A vida e a morte andam sempre de mãos dadas. Agora a vida continua. Os que ficaram continuam a lutar e vai ser mais difícil que nunca.

A semana

É verdade... uma semana de férias já passou... na 2ªf consegui ir passear a Lisboa,.
Sempre fui ao Museu Berardo, que apesar de não perceber peva de pintura, vi coisas bonitas, inclusive um Picasso, um Dali e 2 Mirós, nada mau...
Fomos à Torre de Bélem, mas já sabiamos que estava fechada, afinal era 2ªf. Entretanto lá perto no Museu da Marinha estava um anúncio de uma exposição do Da Vinci, vimos os bilhetes à venda, mas decidimos ir até á porta pra ver se valia a pena comprar os bilhetes e não é que quando demos por nós estávamos dentro da exposição sem que ninguém que nos pedisse o bilhete???? lol Lá vimos a exposição, que era pequena, e consistia em miniaturas de máquinas que o Da Vinci inventou. Porreiro, mas não comprava bilhete para ver aquilo, ainda bem que foi de graça... lllooolll

Depois lanchámos nos Pasteís de Bélem, um suminho de laranja fresquinho e um pastel, mas seis pra trazer pra casa. Aquilo estava a abarrotar como costume, mas ainda deu pra sentar numa mesa e descansar…

Vamos lá fazer contas...

Já sem contar com o dia de hoje, faltam 3 dias para ir de férias. É uma semana e meia apenas, mas estou a contar que dê para me alhear um pouco do trabalho e para passear por alguns sitios que já há muito que tenho vontade de ir.

Um deles é ao Museu Berardo, que já tem um ano, mas eu ainda não pus lá os meus pezinhos e para além disso é grates, o que cai sempre bem.
Falando em Museu Berardo, CCB, Bélem... é claro que também quero dar um saltinho aos pastéis de Bélem. Aquele sabor maravilhoso, com açucar e canela em pó e quentinhos com um cafézinho a acompanhar... até já me está a dar água na boca, só de me lembrar....

Depois quero ir ao IKEA. É claro que já lá fui, mas nas férias é paragem obrigatória, pelo menos por uma manhã ou uma tarde, já que não há tanta gente como há ao fim-de-semana. O pior é que não há muito dinheiro na carteira, apenas alguns trocos para comprar alguns acessórios lá para casa e uma ou outra boa oportunidade de compra, se esta surgir...

Gostava muito de ir ao Bad…

Uns são filhos e outros enteados...

Lá no trabalho foi introduzida este ano uma nova regra que diz que o mínimo que se pode tirar de férias são 5 dias seguidos.
Eu só queria perceber porque é que certas pessoas podem tiram 1, 2 ou 3 dias e outros têm que tirar os tais 5 dias?
Ridículo...

Dúvida

De vez em quando abate-se sobre mim uma tristeza... que eu não consigo perceber de onde vem... ou será que sei, mas não quero perceber?

Do mal o menos!

Uma das vantagens de eu estar a trabalhar enquanto a minha querida colega está de férias é não ter que andar a fugir para ela não me acompanhar no caminho para casa...
É que eu não aguento a conversa dela...