Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2013

Cinema #26

Imagem
Aviso já que não sou assim tão velha lol, mas lembro-me perfeitamente de ver esta série nos anos 80, uma das razões que me levou a ver este remake em filme de 2009. Outra das razões foi o facto de, apesar de ter 2 pés esquerdos, não saber dançar, adoro ver filmes, onde a dança é a principal protagonista,  Filmes como "Step Up" vejo-os todos! Adoro as coreografias, a coordenação de movimentos e um dia sonho dançar assim... mentira, que já não tenho idade, nem esperança de aprender aquilo ou sequer de chegar lá perto, mas de qualquer forma é importante sonhar certo?
É um filme levezinho, cuja história relata a vida de grupo de alunos na "Performing Arts New York School", as suas desilusões, sonhos, esperanças, ambição, traições e a relação entre eles e com os pais e também com as respectivas artes: ballet, representação, dança moderna, canto, aprendizagem de instrumentos...
Recomendado (para quem gosta de artes!)

Boas Notícias!

Imagem
Não podia deixar de fazer referência ao Ciclismo e Ténis português com o Rui Costa e João Sousa!!!! Grandes momentos ontem, nestas modalidades, com vitórias fantásticas.
Eu acredito sempre no potencial dos portugueses, acho é que os portugueses não acreditam em si próprios.
Temos tanto para dar a Portugal, ao Mundo e no entanto deixamo-nos ficar acomodados, apáticos, presos neste cinzento que nos "suga" dia-a-dia por esta crise, que não tem fim...
No entanto de vez em quando lá vêm estes "flashes", estes momentos bons, que nos recordam que não somos menos que outras nacionalidades.
Comoveu-me a imagem de Rui Costa no pódio a chorar ao som do Hino nacional... Caraças, nós somos bons! E os dois espanhóis no 2º e 3º lugar a chorarem também, imagino eu, por terem estado a um bocadinho assim (fazer o gesto com os dedos) da vitória.
Pois é meus amigos, fica para a próxima. Esta é a nossa vez!

Tem corrido tudo bem com a minha colega, que foi operada há uns dias atrás a u…

Da maldade?

Ela: "Ela alimenta-se das feridas das pessoas!"

Caraças... um comentário demasiado forte mesmo sendo sobre quem é.

Cinema #25

Imagem
Finalmente consegui ver este filme! Depois de quase um ano, acho eu... Meu Deus...esta Meryl nasceu realmente com o dom da representação. A forma como "veste" o papel da mulher polémica, que foi Margaret Thatcher é fenomenal. O filme relata os anos de governação da 1ª Ministra Britânica, as difíceis decisões, a falta de apoio e fragilidades, a crítica do povo, o aumento de impostos, a guerra pelas Ilhas Malvinas, a vida familiar, o mundo de homens na política, a loucura já no final da vida... É um filme muito interessante, que nos revela a força de uma mulher, as batalhas que todos os dias se trava por se ser mulher. Eu que já admirava imenso as mulheres, ainda sou mais fã depois deste filme.
Recomendado.

Cinema #24

Imagem
MA-RA-VI-LHO-SO!!!!! Adorei de coração! E olhem que, como vocês tão bem sabem, é difícil gostar realmente de um filme, quanto mais adorar. Sou exigente, o que é que querem? Um elenco de grandes actores e todos eles desempenham personagens fantásticas. Fiquei estupefacta mesmo com o desempenho da Oprah Winfrey. Ela faz um papel considerado secundário, mas para mim é um dos principais. Preparem-se para um filme longo e que mexe com as emoções. A história relata a vida de Cecil Gaines, que de "escravo" numa plantação de algodão chega a criado na Casa Branca, onde trabalha durante 8 Administrações. Envolta neste relato biográfico há também a situação do movimento dos direitos civis por parte dos Afro-Americanos, a guerra do Vietname e de como todos estes acontecimentos afectam a vida familiar do mordomo. Tenho a dizer-lhes que todas estas histórias estão muito bem contadas, entrelaçadas e é um filme que nos enche de sentimentos, desde a raiva, compaixão, sofrimento, vingança...…

Das coisas

Fui de férias 2 semanas.
Foram divertidas sim senhor, mas não fiz o que precisava/queria fazer. Não por falta de tempo, nada disso. Que eu nessas coisas, ponho logo a culpa em mim. Nunca dou a desculpa de que não tenho tempo e irrito-me com quem a dá. Nunca há falta de tempo, existem é prioridades e claro as tarefas que menos gostamos ficam por fazer e depois lá vem a desculpa do "não tive tempo!"
Tenho a casa por arrumar/limpar e já começa a dar-me os nervos só de entrar lá.
Tenho o meu cabelo tão seco, que parece palha de aço, preciso desesperadamente de o ir cortar, mas não me apetece porque não gosto de ir ao cabeleireiro e porque quero-o comprido.
Tanto o verniz das mãos como dos pés está uma desgraça, todo a descacar.

Sinto-me revoltada porque uma colega descobriu que tem cancro de mama. Vai ser operada amanhã.
A outra não consegue ter filhos e inscreveu-se nas listas para adopção. Sabe Deus quando vai poder desempenhar o papel de mãe de uma criança, que precisará tan…

Cinema #23

Imagem
A razão que me levou a ver este filme foi o elenco de bons actores. É um filme levezinho, um género de comédia romântica. Escrevo género, porque de comédia não tem grande coisa e muito menos de romântica. Um antigo jogador de futebol, que está a passar um mau bocado, torna-se treinador de futebol da equipa do filho, com quem quer estabelecer uma ligação e ter de volta a ex-mulher. Entrtanto as mães das crianças da equipa ficam todas atraídas pelo novo treinador e perseguem-no, levando isto a alguns percalços no cumprimento do objectivo dele. Passou-se um bom serão e o que retive realmente na memória foi Gerard Butler. Sim, o Gerard Butler, o sorriso, o corpo, o cabelo, o sotaque, os olhos verdes... Meu Deus...  Valeu por isso.

Cinema #22

Imagem
Vimos a apresentação deste filme quando fomos ver "A Gaiola Dourada". Uma amiga ficou muito interessada em ver o filme e nem uma semana depois arrastou-me e a outra amiga para o vermos. Quando ela sugeriu, eu torci logo o nariz, mas o que não se faz pelas amigas não é? É um filme português de David Rebordão, é todo falado em inglês e entra o Pedro Granger, a Soraia Chaves, Débora Monteiro, entre outros... Conta a história de uma empresa que dá a possibilidade, mediante pagamentos elevados, a pessoas idosas milionárias de voltarem a serem novos por alhuns momentos e para isso têm que entrar num jogo, onde têm que matar os outros para sobreviver. O vencedor volta a ser jovem para sempre. A minha opinião? Se viram o primeiro filme dos "Hunger Games", este RPG é semelhante, mas em mau! Muito mau! Um filme muito parado, maneiras de matar e de morrer sem criatividade (sei lá, podiam ter mais imaginação na maneira como as pessoas vão sendo mortas), diálogos vazios.
Não r…

...

Mais um problema resolvido.
3549 to go.