...



É inevitável pensar no ano que passou e no que me aconteceu.
O meu 33º foi um ano de extremos.
Vivi muita coisa boa. Viajei. Realizei sonhos.
Mas teve muita coisa má. Sofri muito...

Que os 34 me tragam o melhor da vida.
Aguardo ansiosamente.
Txim txim! À minha!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pestanas

Outra das minhas paixões