Do Dia dos Namorados


Não sou propriamente contra este dia.
Há dias para tudo, porque não haveria de existir um dia dedicado ao amor?
Mas sou contra a parvoíce que se instala nas pessoas (ou que já existe e é mais notada!) neste dia!

Ele é declarações para aqui, chocolates e flores para ali, fotos a dois para acolá.

Ontem o facebook era só disto.
Hoje são as fotos dos jantares românticos de ontem.

Acho mesmo que duas minhas conhecidas, estão a digladiar-se para ver qual delas teve o melhor jantar, o melhor presente, a melhor paisagem e por fim qual delas tem o melhor namorado.

O que querem provar estas pessoas com as fotos?
Que amam mais o outro? Que são o/a melhor namorado/a do mundo?
Que oferecem prendas melhores ou fazem surpresas melhores??
Para quê isto neste dia? Se nos outros 364 dias do ano não dão importância, não valorizam e não respeitam?

Como já dizia o outro, estas demonstrações de amor repentino num único dia do ano é uma coisa que não me assiste.

Os outros... pensem como quiserem.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pestanas