A justiça tarda*, mas não falha!

(Conversa entre mim e uma colega, que quando me pede ajuda eu ajudo-a sempre)

Ontem:

Eu: X, tás muito atrapalhada?
Ela: Tou!
Eu: E quando é que não vais tar?
Ela: Vou tar sempre!
Eu Ah! ta bem ta bem!
Ela: Atão, mas diz lá!
Eu: Não, não, deixa tar. Obrigada!
Ela: Ok!


Hoje:

Ela: Y querida, podes fazer este fax para o Dr. A, é que eu tou cheia de trabalho.
Eu: Desculpa lá, mas é que a C. deixou-me imenso trabalho para fazer e eu tou mesmo ocupada.
Ela: Pois... atão vou pedir à L. para fazer, é que também tou cheia de trabalho.

As pessoas podem fazer-se de parvas, mas a mim só faz quem eu quiser.

*Não tardou, mas nunca falha...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pestanas

Revelação