Dos livros


Umas das coisas positivas que aconteceu em 2016 foi ter lido mais.
Eu adoro ler, mas tenho fases... tanto levo 2 meses a ler um livro como demoro 1 semana.
Não tem tanto a ver com o livro, mas comigo própria, que não tenho vontade de ler.

O último livro que acabei foi este:

Resultado de imagem para o meu nome é Alice livro
Imagem retirada da internet

É minha intenção ver o filme, mas ainda não consegui.

O livro é  muito bom. 
Fala sobre uma mulher de 50 anos, professora de Linguística em Harvard, com uma vida ativa, dividida entre aulas, conferências, os 3 filhos, o casamento, que começa a ter lapsos de memória.
Vem a descobrir que tem a doença de Alzheimer precoce.
Acompanha-se a vida de Alice, mais detalhadamente, a partir deste diagnóstico e vemos a deterioração da sua memória e todos os sintomas associados, a raiva e frustação desta condição, até não reconhecer os familiares.
O livro dá-nos uma ideia sobre esta doença, sintomas, tratamentos, medicamentos, exames... havia muita coisa que desconhecia.
Sim, é um livro assustador, por nos relatar todo o processo de deterioração da mente de um ser humano, ainda mais quando se trata de uma mulher tão nova e ativa, mas é um livro muito necessário para estarmos alerta. Quando mais cedo se diagnosticar esta doença, mais hipóteses se tem de se atrasar o progresso da mesma.
Normalmente a doença manifesta-se a partir dos 65 anos, mas há casos raros de Alzheimer precoce, como nos relata este livro.

Recomendadíssimo!!!


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pestanas