Do regresso ao trabalho


Só de pensar no regresso das férias e no que me espera, apetece-me nem ir.
Acreditem, estou a falar a sério.
Infelizmente sou daquelas pessoas que sofre por antecipação e no início do fim-de-semana lá veio aquele pensamento de "Oh Meu Deus! Nem quero imaginar quando abrir o mail!".
Pois é verdade, enquanto eu faço o trabalho dos outros, quando estes vão de férias, o meu fica todo acumulado no mail e quando chegar, eu que o despache. Claro que estou a falar das tarefas que me estão atribuídas diariamente, quando existe algo urgente que está a meu encargo, as colegas tratam disso, como é óbvio.
Claro que tenho a caixa de correio com n e-mails. Eu nem vos digo quantos, que é mais para não escrever aquele número obsceno aqui e visualizá-lo.
Isto tudo para dizer que o primeiro dia de regresso de férias é tão custoso... Primeiro a pessoa ainda não está muito consciente, para não dizer nada, que regressou ao trabalho e à ditadura da rotina e dos horários. Se é estranho quando iniciamos as férias e não nos levantamos àquela hora, também é estranho e principalmente difícil o regresso à rotina.
Eram 11h, pouco tempo depois de entrar e já me parecia que estava no escritório a trabalhar há dias. Depois os sonos... oh Meu Deus os sonos, gosto muito de dormir a sesta, o que faço frequentemente nas férias, e agora?
Agora tenho uma soneira em cima, que não me aguento. Porquê? Porque são as horas da sesta. Já tive que me levantar da cadeira por 2 vezes para ir dar uma volta de modo a despertar e a conseguir olhar para o ecran do pc com olhos de ver.
Apesar do quanto está a ser difícil a volta ao trabalho, nem tudo são coisas difíceis  Quando ia ter explicação depois do trabalho, já sei que não vou ter, porque o aluno já me avisou que não podia estar presente. O que por um lado é péssimo, mas por outro agradeci a todos e mais alguns o facto de hoje em particular, não ter explicação. Assim sempre posso deitar-me no sofá a horas decentes e descansar mais um bocadinho.

É difícil, mas isto vai lá...


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pestanas