Eu não acredito mas "que las hay, las hay"


Pelo título já imagino que saibam do que estou a falar, não é?
Pois é, eu nem vou discorrer aqui, sobre o que me tem acontecido de menos bom nos últimos tempos, tanto a nível de estragos materiais, como com pessoas próximas.

A solução é não me chatear com coisas que se podem arranjar e fazer com que a recuperação dessas pessoas seja leve e rápida.

Pra frente é que é caminho!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pestanas

Revelação