... 2


Como continuei a não sentir-me bem, mesmo depois do médico ir lá a casa e de começar a tomar os medicamentos, que ele me receitou, fui intimada a ir as Urgências.
Eu esperneei, atirei-me pro chão, fiz beicinho, olhos de gato das botas, mas nada resultou e lá fui eu.

O diagnóstico foi diferente do primeiro, mas penso que o estado em que me encontrava foi uma conjugação de vários factores e por isso, parece-me a mim que têm ambos razão.

O diagnóstico do primeiro remeteu para um problema de saúde hereditáro, o segundo médico disse que os sintomas que tinha indicavam exaustão e stress.

Em relação ao problema de saúde hereditário, a consulta para o especialista já está marcada, agora é preciso esperar. A exaustão e stress requer muito descanso e também estou a tomar medicação. Não me sinto a 100%, mas estou bastante melhor. O problema é que eu não consigo ficar parada. Se não tenho explicações ao fim do dia arranjo sempre coisas para fazer, um jantar ou café com uma amiga, ir às compras de coisas, que preciso lá para casa, fazer traduções, ir ao cinema, whatever... tenho sempre que estar ocupada!
E isto é um grande problema, porque a solução para isto é chegar a casa depois do trabalho/explicações, comer e ficar quieta no sofá a ver tv ou a passar pelas brasas e eu NÃO CONSIGO!!!!!!!

PORQUÊ? MAS PORQUÊ?

Acho que só se me amarrarem à perna do sofá! (sim, o meu sofá tem pernas!)

Bem, eu vou tentar, a sério que vou tentar, senão qualquer dia caio pro lado e não vai ser nada agradável lol

De regresso à emissão habitual!


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pestanas

Outra das minhas paixões