Das pessoas


Tenho um colega de trabalho, que está noutro escritório e vem ao meu de vez em quando para reuniões.

É um porreiro e damo-nos super bem quando nos vemos.

Esteve cá na 4ªF, cumprimentei-o, falámos de banalidades e lá se foi embora ao final do dia.

Depois disto, recebo um mail dele a elogiar-me (como sempre!), mas também disse que eu lhe parecia triste... perguntando se se passava alguma coisa comigo e o que podia fazer para ajudar.

Isto para dizer que as pessoas com quem se passa grande parte do dia não se apercebem de nada, vem uma pessoa de fora e que quase nunca nos vê e acerta na mouche.

Incrível....

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pestanas